Segue toda vida reto

rumo à maior cidade de Santa Catarina

Urbana e rural, perto da serra e do mar, Joinville é moderna, tradicional, badalada e industrial, tudo isso ao mesmo tempo, e ainda assim sem perder seu estilo pacato e tranquilo de ser.

Uma origem que se mantém

A influência multicultural, com colonização europeia de alemães, suíços e noruegueses, faz parte da história de Joinville. A cultura e tradições trazidas por esses povos estão presentes, até hoje, na arquitetura, costumes, festas e na gastronomia diversificada da cidade.

Com personalidade acolhedora e completa infraestrutura, Joinville oferece atrações para públicos de todos os estilos e idades. Joinville está próxima dos principais destinos do litoral Catarinense, do Vale Europeu e do maior parque temático da América Latina, o Beto Carrero World. A cidade conta também com ótimas opções gastronômicas e de hospedagem.

Uma cidade de muitos títulos

Por oferecer muitas coisas boas, não apenas para quem mora, mas também para quem visita, Joinville se tornou uma cidade com diversos títulos, pelos quais ela ficou conhecida no país inteiro. Veja, a seguir, alguns deles.

Joinville,

cidade

das flores

A cultura do cultivo das flores foi trazida para Joinville pelos europeus que colonizaram a cidade. O clima e a região geográfica propícios contribuíram para a atividade. O município promove a Festa das Flores há mais de 80 anos. O evento é reconhecido como Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural do Estado de Santa Catarina e conta com uma série de atividades que movimentam a cidade durante uma semana do mês de novembro.

Joinville,

cidade

dos príncipes

A cidade foi oferecida como dote de casamento pela família da princesa Francisca Carolina de Bragança, filha de D. Pedro I, para o príncipe François Ferdinand Louis Marie, que ficou conhecido como Francisco, príncipe de Joinville. O local, por sua vez, passou a ser chamado de Cidade dos Príncipes, que tem a Rua do Príncipe localizada na região central.

Joinville,

cidade das

bicicletas

Estimulado pela topografia plana da cidade, o ciclismo ganhou força na região a partir da década de 1970. Hoje, a malha cicloviária de Joinville tem mais de 150 quilômetros, o que garante um bom nível de mobilidade aos moradores. O cicloturismo e a prática de esportes com a bike também movimentam a região, que conta ainda com o Museu da Bicicleta, o único do gênero na América do Sul.

Joinville,

a capital

da dança

Também chamada de Capital Brasileira da Dança, é na cidade que acontece anualmente o Festival de Dança de Joinville, sempre no mês de julho. A região recebe personalidades nacionais e internacionais da dança para o evento, que conta com mostra competitiva, cursos, oficinas e apresentações. Além disso, Joinville é destaque no mundo da dança por ser sede da única escola de balé do Teatro Bolshoi fora da Rússia. A escola funciona desde o ano 2000, com bolsas de estudo para 100% dos alunos.

Atrações Turísticas

Joinville conta com uma localização geográfica privilegiada. Perfeita para passeios de um dia em diversas atrações turísticas no estado de Santa Catarina.

Beto Carrero World

O parque fica localizada no litoral norte de Santa Catarina, Penha e conta com 19 belíssimas praias. Segundo o site do parque, ele foi fundo em 28 de dezembro de 1991, com alguns brinquedos infantis e duas lonas de circo. Com o passar dos anos o parque ganhou novas atrações e atualmente, é o melhor Parque Temático da América Latina e está na lista dos melhores do Mundo!
Está instalado em 14 milhões de metros quadrados e são mais de 100 incríveis atrações além de vários serviços, como restaurantes, lanchonetes, sorveterias, cafeterias, banco 24h, fraldário e etc.

Serra Catarinense

Fica a apenas duas horas de carro do litoral. A viagem é uma atração à parte, com belas paisagens formadas por florestas de araucárias, rios, cachoeiras, vales, campos de altitude e grandes cânions. Lugares como a Serra do Rio do Rastro, a Serra do Corvo Branco e o Morro da Igreja são visitas obrigatórias, com estradas sinuosas que levam a alguns dos pontos mais altos do país. A Serra é indicada para a prática de trekking, rapel, canyoning, mountain bike, tirolesa e pesca esportiva da truta.
Foto: Serra do Rio do Rastro - Marco Favero / Agencia RBS

Pomerode

Pomerode encanta turistas e moradores o ano inteiro. Casas em enxaimel, ruas limpas, presença marcante de área verde, cultura alemã em cada detalhe.
A cultura alemã está inserida em toda rede hoteleira de Pomerode. Arquitetura, café da manhã típico, contato com a natureza, ar fresco, cenários inspiradores e pessoas repletas de histórias.
Tradições preservadas há mais de 150 anos em Pomerode são a essência da cidade e da Osterfest, a Festa de Páscoa. Costumes como a pintura de casquinhas de ovos de galinha e a preparação de bolachas têm gostinho de reunião familiar para a população local.
Foto: Valeska Lippel/ NSC TV

Campo Alegre

Campo Alegre é uma pequena e charmosa cidade localizada em meio às campinas e vales no Norte de Santa Catarina, ligando o litoral ao clima serrano, ao longo da formosa e histórica Estrada Imperial Dona Francisca. A vida no campo em meio a uma beleza natural e exuberante encanta os turistas com o aconchego de seus antigos casarões, produtos coloniais, artesanato e uma deliciosa comida caseira em fogão à lenha. Esse verdadeiro Paraíso da Serra também é o destino certo para os amantes da natureza e apreciadores de esportes de aventura. Campo Alegre surpreende com recantos naturais, montanhas e trilhas ecológicas, o cenário perfeito para a prática de esportes radicais, off-road, montanhismo, cicloturismo, voo livre e diversos atrativos de tirar o fôlego.

Costa Verde & Mar

O verde-esmeralda predomina no mar de Porto Belo e Bombinhas, onde ficam os melhores pontos de mergulho de SC. O principal destino dessa região é a movimentada Balneário Camboriú, com ótima infraestrutura, praias, parques, restaurantes internacionais e casas noturnas. Em Itajaí, os destaques são os eventos náuticos e a herança portuguesa e alemã.
Há ainda o Beto Carrero World, em Penha, e os alambiques de cachaça, em Luis Alves. Já o Balneário Piçarras oferece natureza preservada e vida noturna bastante animada. O Circuito Costa Verde e Mar, de cicloturismo, passa por trechos belíssimos no litoral e no interior. E há também ótimas opções para os praticantes de surfe, windsurfe, voos de ultraleve e trekking.
Foto: Bombinhas - Marcos Porto / Agencia RBS

Caminho dos Príncipes

Joinville tem legado germânico. Já São Francisco do Sul, cidade mais antiga de SC, mostra a herança portuguesa no casario colonial, além de abrigar o Museu Nacional do Mar, único no Brasil. A rota é ideal para ecoturismo e esportes de aventura, como trekking, voo livre, rapel, escalada, mountain bike, canoagem e boiacross, praticados em Corupá, Schroeder, Jaraguá do Sul e Papanduva. Na Baía de Babitonga, a atração é a pesca do robalo.
Já em Papanduva, vale explorar cavernas e grutas. Em Rio Negrinho, Araquari, Campo Alegre, Itaiópolis e São Bento do Sul, reinam os costumes dos colonizadores alemães, poloneses e ucranianos. Barra do Sul, Barra Velha e Itapoá garantem o banho do mar.
Foto: São Francisco do Sul - Arquivo Pessoal

Grande Florianópolis

Florianópolis é famosa pelas belezas naturais (praias, além das lagoas do Peri e da Conceição). Mas há outros atrativos nas redondezas, como as estâncias de águas termais de Santo Amaro da Imperatriz, as paisagens rurais de Rancho Queimado, Anitápolis, São Bonifácio e São Pedro de Alcântara, além das belíssimas praias de Governador Celso Ramos e Palhoça, onde fica a badalada Guarda do Embaú.
Foto: Guarda do Embaú - Charles Guerra / Agencia RBS

Vale Europeu

A herança cultural dos colonizadores alemães, italianos, austríacos, poloneses e portugueses é a grande marca. Famoso por sediar a maior festa alemã das Américas, a Oktoberfest de Blumenau, o Vale Europeu tem arquitetura típica, culinária, roteiros de compras pelas cidades-polo da indústria têxtil catarinense e celebrações religiosas que ocorrem em vários municípios, além do ecoturismo e do turismo rural.

ENCANTOS DO SUL

Quem gosta de História vai se encantar com Laguna, a terra de Anita Garibaldi, o Centro Histórico, patrimônio nacional, e o Farol de Santa Marta. Já Imbituba, Garopaba e Jaguaruna são ótimos destinos para ecoturismo e esportes de aventura. Essa faixa litorânea também é o principal berçário das baleias-francas no inverno. No interior, os destaques vão das estâncias termais de Tubarão e Gravatal aos municípios onde a cultura italiana e alemã são predominantes, como Urussanga, Nova Veneza, Orleans, São Martinho, Santa Rosa de Lima, Forquilhinha, Tubarão e Criciúma.
Foto: Farol de Santa Marta

Principais distâncias:

Cidades

Curitiba
130 Km
Navegantes
89 Km
Florianópolis
187 Km
São Francisco do Sul
60 Km

Praias

Barra Velha
57 Km
Balneário Camboriú
103 Km
Bombinhas
138 Km
Jurerê Internacional
206 Km